quinta-feira, 30 de junho de 2011

Modo de utilizar o cartão cultural SEEDUC

Resolvi escrever isso devido alguns problemas que tive com o tão falado cartão de auxílio educação, as vezes as pessoas não nos informam direito, no banco ou na metro, estou vou colocar alguns dicas para você não cair no mesmo erro que eu.

1º Os cartões estão sendo liberados aos poucos (fui no 1º dia que o cartão foi liberado e meu cartão não estava lá, nem meu nome estava na listagem).
2º Alguns colegas informaram que seus cartões foram mandados para suas agências antigas.
3º Qualquer dúvida para ter mais informações sobre o cartão ligue para a Gestão de Pessoas: Tel: 2333-0684.
4º Leve algum documento (identidade ou cartão do banco de preferência para retirar o cartão).
5º Depois de retirar o cartão NÃO coloque ele no caixa eletrônico, senão vai bloquear o cartão (aconteceu isso comigo), você deve fazer a primeira conta para depois usar o cartão no caixa eletrônico.
6º Quando você for comprar alguma coisa com esse cartão a senha será de 4 dígitos, que são os primeiros 4 dígitos da senha de 6 números que você cadastrou.

Acho que falei de tudo



quinta-feira, 23 de junho de 2011

ERRATA

Venho pedir desculpas pois fiz uma postagem alteriormente falando que era da reunião que ocorreu no dia 22/06/2011, mas na verdade foi a reportagem da 1º reunião, agora sim postei o resultado da reunião que ocorreu ontem. Agradeço aos colegas que me alertaram e peço que continuem ajudando para que possamos melhorar esse espaço. O link da última reunião segue abaixo


Resultado reunião 22/06/2011

Ass: Francisco Celio Soares Marcos

2º Reunião SEPE vs SEPLAG 22/06/2011

Em audiência realizada ontem (22), o governo do Estado se comprometeu a responder até o dia 15 de julho se atenderá ou não às principais reivindicações salariais da categoria: reajuste salarial de 26%, descongelamento do plano de carreira dos funcionários administrativos e antecipação das parcelas da incorporação do Nova Escola. A audiência contou com a presença da direção do SEPE, dos secretários de Planejamento e de Educação, além de deputados estaduais. O Sindicato procurou mostrar a justiça e a viabilidade destas propostas apresentando dados da receita estadual e comparações salariais com outras redes públicas. O governo estadual teve que admitir que o salário dos profissionais da educação é baixo, mas não se mostrou disposto a apresentar uma proposta concreta na reunião, remetendo ao prazo de 15 de julho.

Ainda na audiência, ficou acertado que o reajuste da GLP será pago com o salário de Junho e que um novo lote de enquadramento por formação virá com o salário de julho. Neste lote, segundo os secretários, estarão incluidos os professores 40 horas que aguardam ansiosamente por este direito.

Sobre as escolas compartilhadas que estão ameaçadas de fechamento, o secretário de educação informou que nada ocorrerá até o final de julho, quando os relatórios das equipes que estão visitando as escolas devem estar finalizados. Informou ainda que não haverá junção de turmas e que os problemas de segurança serão considerados no momento de definir as mudanças. Solicitamos que, antes de qualquer transferência ou mudança, o secretário receba uma comissão de profissionais destas escolas em conjunto com a direção do SEPE, proposta que foi aceita pelo secretário Risolia.

Por fim, o Secretário de Educação solicitou que o sindicato suspendesse o boicote ao SAERJ. A direção do SEPE informou que esta é uma decisão soberana da assembléia da categoria e que somos contrários a qualquer avaliação externa, meritocrática e vinculada a remunerações variáveis. Acreditamos na avaliação mediadora e diagnóstica e não em medidas classificatórias e discriminadoras como o Plano de Metas.

FONTE:
http://www.seperj.org.br/ver_noticia.php?cod_noticia=2185

Resultado da 1º reunião do SEPE com a SEPLAG


RESULTADO DA REUNIÃO DO DIA 22/06/2011


Terminou há pouco a reunião do Sepe com o secretário de Planejamento Sérgio Ruy e com uma boa notícia para os animadores culturais: o governo aceitou reajustar o salário desse setor para R$ 1.234,56.  Eis os principais pontos discutidos:
Animadores culturais: o governo vai reajustar o salário desse segmento de R$ 645,00 para R$ 1.234,56. O novo valor já é válido para outubro. O governo, no entanto, não aceitou enquadrar o animador no plano de carreiria, mas informou que está em entendimento com o INSS para pagar a dívida que tem em relação aos animadores;
Funcionários administrativos: há um estudo para a adoção do salário mínimo nacional como piso salarial desse setor. O estudo será apresentado na próxima audiência. Não foi apresentada uma proposta de enquadramento no plano de carreira;
Mestrado e doutorado: foi informado que o decreto com o enquadramento do mestrado e doutorado no plano de carreira será assinado ainda este ano - a minuta se encontra na Casa Civil;
Profissionais de 40 horas: a Seplag informou que foram feitas várias simulãções para o enquadramento desse setor no plano de carreira. O secretário Ruy informou que na próxima audiência, no dia 21, será apresentada uma proposta oficial para este setor.
No dia 21 haverá uma nova rodada de negociação com a Seplag, às 11h. Antes, no dia 14, haverá uma reunião com a Secretaria de Educação.

FONTE:
http://www.seperj.org.br/ver_noticia.php?cod_noticia=955

 

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Manifestação dos professores 17/06/2011

Amanhã haverá uma manifestação dos profissionais da "educação" do Estado do Rio de Janeiro, será feita a concentração as 10:00am na Candelária e de lá sairemos em direção a SEPLAG. Contamos com a presença de todos os funcionários da "educação" do estado do Rio de Janeiro que estão revoltados com os rumos que estão  sendo dados a educação, mesmo você não fazendo parte do sindicato (como é o meu caso), porque não lutamos pelo sindicato, mas lutamos por nossa classe.


Confira a hora e o local da saída dos onibus  para o evento:

Barra Mansa
– 7hs da manhã. Praça da Matriz

Caxias
– 9hs perto do Instituto de Educação Roberto da Silveira

Itaguaí
– 8:45, no Banco do Brasil

Niterói
– 9hs, do Liceu Nilo Peçanha

Nova Iguaçu
– 9hs, ao lado da CEDAE, no Centro de Nova Iguaçu, na rua da Metropolitana

São João de Meriti
– 9hs, do Sepe São João de Meriti

Queimados
– 8hs, da praça da delegacia

Volta Redonda
– 8hs, da sede do Sepe Volta Redonda


No Rio de Janeiro
Bangu
– 9hs, na sede da Regional VII


Santa Cruz
– 9hs, na sede da Regional IX

São Gonçalo
– 9hs, da praça Zé Garoto

Fonte:



Vídeos da Greve na "Educação" no Estado do Rio de Janeiro







Lista de email dos deputados do RJ, vamos enviar email pra mostrar a nossa indignação


Consegui na comunidade dos professores do Estado do Rio de Janeiro a lista de todos os deputados do Rio de Janeiro, convido a todos a enviar um email para eles falando sobre a situação da "educação" no nosso Estado.


claisemariazito@alerj.rj.gov.br; gersonbergher@alerj.rj.gov.br; lucinha@alerj.rj.gov.br; luizpaulo@alerj.rj.gov.br; andrelazaroni@alerj.rj.gov.br; bernardorossi@alerj.rj.gov.br; chiquinhodamangueira@alerj.rj.gov.br; dica@alerj.rj.gov.br; domingosbrazao@alerj.rj.gov.br; edsonalbertassi@alerj.rj.gov.br; gracamatos@alerj.rj.gov.br; paulomelo@alerj.rj.gov.br; pedroaugusto@alerj.rj.gov.br; pedrofernandes@alerj.rj.gov.br; rafaelpicciani@alerj.rj.gov.br; robertodinamite@alerj.rj.gov.br; gustavotutuca@alerj.rj.gov.br; marcelosimao@alerj.rj.gov.br; rafaeldogordo@alerj.rj.gov.br; andrececiliano@alerj.rj.gov.br; gilbertopalmares@alerj.rj.gov.br; inespandelo@alerj.rj.gov.br; niltonsalomao@alerj.rj.gov.br; robsonleite@alerj.rj.gov.br; rogeriocabral@alerj.rj.gov.br; zaqueuteixeira@alerj.rj.gov.br; gracapereira@alerj.rj.gov.br; enfermeirarejane@alerj.rj.gov.br; aspasiacamargo@alerj.rj.gov.br; xandrinho@alerj.rj.gov.br; marcosabrahao@alerj.rj.gov.br; dionisiolins@alerj.rj.gov.br; flaviobolsonaro@alerj.rj.gov.br; andreiabusatto@alerj.rj.gov.br; bebeto@alerj.rj.gov.br; cidinhacampos@alerj.rj.gov.br; janiomendes@alerj.gov.br; luizmartins@alerj.rj.gov.br; marciopanisset@alerj.rj.gov.br; marcossoares@alerj.rj.gov.br; myrianrios@alerj.rj.gov.br; pauloramos@alerj.rj.gov.br; ricardoabrao@alerj.rj.gov.br; wagnermontes@alerj.rj.gov.br

Carta do governador aos professores

Essa carta foi inscrita pelo então candidato a governador Sérgio Cabral e foi remetida aos professores. No vídeo a carta é lida em coro confira, abaixo coloquei uma cópia do documento.


Fonte:
http://celprpaul.blogspot.com/2009/09/carta-de-cabral-candidato-aos.html

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Greve na educação, grevistas são ameaçados no Rio de Janeiro

Segundo relatos ouvidos na reunião do SEPE que ocorreu na terça-feira passada e que logo foram postadas no blog do Ricardo Gama, alguns professores e alunos falam que estão sofrendo pressão e sendo ameaçados para não entrar em greve. Também segundo relatos de militantes do SEPE, os mesmos estão sendo impedidos de entrar em algumas escolas para falar e conscientizar os colegas professores.

Confira:
blog do Ricardo Gama

Advogados do SEPE falando da Greve

Nesse vídeo o advogado do SEPE fala sobre diversos assuntos dentre: o corte do ponto e estágio probatório. Eles informam sobre as ações que vem tomando em contra partida a ação do governador Sérgio Cabral.


sábado, 11 de junho de 2011

Greve e estágio probatório parte 2


Retirado da página do STF
ADI 3235 / AL - ALAGOAS 
AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE
Relator(a):  Min. CARLOS VELLOSO
Relator(a) p/ Acórdão:  Min. GILMAR MENDES (art. 38, II, RISTF)
Julgamento:  04/02/2010           Órgão Julgador:  Tribunal Pleno
Publicação
DJe-045  DIVULG 11-03-2010  PUBLIC 12-03-2010
EMENT VOL-02393-01  PP-00153
RTJ VOL-00214- PP-00029
Parte(s)
REQTE.(S)           : CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS - COBRAPOL
ADV.(A/S)           : PAULO CÉSAR MATOS DA SILVA E OUTRO(A/S)
REQDO.(A/S)         : GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS
ADV.(A/S)           : ALUISIO LUNDGREN CORRÊA REGIS
Ementa

EMENTA: 1. Ação Direta de Inconstitucionalidade. 2. Parágrafo único do art. 1º do Decreto estadual n.° 1.807, publicado no Diário Oficial do Estado de Alagoas de 26 de março de 2004. 3. Determinação de imediata exoneração de servidor público em estágio probatório, caso seja confirmada sua participação em paralisação do serviço a título de greve. 4. Alegada ofensa do direito de greve dos servidores públicos (art. 37, VII) e das garantias do contraditório e da ampla defesa (art. 5º, LV). 5. Inconstitucionalidade. 6. O Supremo Tribunal Federal, nos termos dos Mandados de Injunção n.ºs 670/ES, 708/DF e 712/PA, já manifestou o entendimento no sentido da eficácia imediata do direito constitucional de greve dos servidores públicos, a ser exercício por meio da aplicação da Lei n.º 7.783/89, até que sobrevenha lei específica para regulamentar a questão. 7. Decreto estadual que viola a Constituição Federal, por (a) considerar o exercício não abusivo do direito constitucional degreve como fato desabonador da conduta do servidor público e por (b) criar distinção de tratamento a servidores públicos estáveis e não estáveis em razão do exercício do direito de greve. 8. Ação julgada procedente.
Fonte:

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Greve, vídeos sobre educação no RJ


Achei muito legal o vídeo e resolvi postar no blog, veja e se você gostar ajude a divulgar.

Manifestação dos professores 10/06/2011

Hoje por volta 15:00h um grupo formado por funcionários, professores e alunos da rede estadual de educação fez uma passeata que saiu da Candelária e foi até as escadarias da ALERJ, ao chegar lá encontraram com os bombeiros, profissionais da saúde, policiais e demais funcionários do governo estadual. A manifestação foi tranquila e foi iniciada com todos cantando o Hino Naciona Brasileiro.




























Matérias relacionadas:
http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/06/protesto-de-alunos-e-professores-interdita-avenida-no-centro-do-rio.html
http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/manifestacao-de-professores-reune-quase-3-000-em-frente-a-alerj-20110610.html

Vídeo manifestação dos bombeiros

O vídeo mostra o período antes da invasão do BOPE, no vídeo aparece uma voz, provavelmente de um bombeiro, pedindo para que não haja invasão dos policiais. Veja tome suas conclusões e opine.

Achei importante colocar as palavras do nosso governador Sérgio Cabral.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Greve e estágio probatório

1) NOVOS CONCURSADOS:
O estágio probatório previsto na Constituição Federal e Estadual não anula o regime jurídico único que nos rege. Assim, mesmo sendo um estágio de três anos, “É assegurado o prazo de dois anos de efetivo exercício para a aquisição da estabilidade aos atuais servidores em estágio probatório, sem prejuízo da avaliação a que se refere o §4o do art. 41 da CF”(art.28 da EC n 18, de 5-2-1998). Também garante que o servidor só perderá o cargo mediante sentença judicial ou processo administrativo com direito à ampla defesa do servidor (EC n19 de 4-6-1998). Vale lembrar que, na avaliação do estágio probatório, itens como assiduidade e pontualidade não levam em conta a greve - direito assegurado nas Constituições Federal e Estadual e que não caracteriza nenhuma das duas situações.

Fonte:
http://www.seperj.org.br/admin/fotos/biblioteca/biblioteca16.pdf

Greve na "educação" Rio de janeiro


Em assembléia nesta terça (dia 7/6),  que reuniu mais de dois mil profissionais no Clube Municipal, os profissionais de educação das escolas estaduais decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A falta de disposição do governo estadual em negociar e atender as reivindicações dos professores e funcionários das escolas estaduais foi o principal motivo para a decisão da categoria entrar em greve. Outro fator que revoltou a categoria foi o tratamento repressivo dispensado pelo governo estadual contra a mobilização dos bombeiros que participaram das manifestações no Centro do Rio na sexta-feira, que resultou na invasão do Quartel General da corporação por tropas de elite e na prisão de mais de 400 manifestantes, além de ferimentos em familiares que participavam do ato.

Na quinta-feira (dia 9 de junho), os profissionais de educação, irão se unir aos bombeiros do Rio de Janeiro e fazer um ato nas escadarias da Alerj, a partir das 16h, para pressionar os deputados estaduais a intercederem junto ao governo do estado, com objetivo de reabrir as negociações em torno das reivindicações das duas categorias. Na sexta-feira, a partir das 13h, o Sepe, bombeiros e outras categorias do funcionalismo estadual farão uma passeata da Candelária até a Alerj.

No domingo, novamente os profissionais de educação, bombeiros e servidores do estado farão uma passeata na Avenida Atlântica, com concentração a partir das 10h, na esquina da Avenida Princesa Isabel com Avenida Atlântica.

A próxima assembléia da rede estadual será realizada na terça-feira (dia 14 de junho) no Clube Municipal na Tijuca, a partir das 14h. Neste encontro, a categoria irá decidir os rumos da greve.

A categoria reivindica do governador Sérgio Cabral o seguinte:

1) um reajuste emergencial de 26%;

2) a incorporação imediata da totalidade da gratificação do Nova Escola (prevista para terminar somente em 2015);

3) o descongelamento do Plano de Carreira dos Funcionários Administrativos da educação estadual, entre outras reivindicações.


Veja o calendário da greve na rede estadual:

dias 8 e 9 de junho - reuniões nas escolas com a comunidade escolar para que a categoria explique os motivos da greve;

dia 9 de junho (quinta-feira): profissionais da capital e Grande Rio farão um ato conjunto com os bombeiros na Alerj, a partir das 16h.

dia 10 de junho (sexta-feira): Passeata da Candelária até a Alerj dos profissionais de educação, em conjunto com segmentos do funcionalismo estadual e bombeiros. Concentração a partir das 13h, na Candelária.


dia 11 de junho (sábado): panfletagens descentralizadas de núcleos e regionais na parte da manhã, explicando os motivos da greve para a população;

dia 12 de junho (domingo): às 10h, esquina da Avenida Princesa Isabel com Atlântica: concentração para uma passeta conjunta com bombeiros e demais segmentos do funcionalismo até o Posto 6.

dia 13 de junho (segunda-feira): Assembléias locais em núcleos e regionais;

dia 14 de junho (terça-feira): Assembléia geral da rede estadual, às 14h, no Clube Municipal (Rua Haddock Lobo 359 - tijuca) para decidir os rumos da greve.



Fonte:
http://www.seperj.org.br/ver_noticia.php?cod_noticia=2081

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Relembrar é viver! Senhor governador...

Entrevista de Sérgio Cabral dado ao jornal o Dia (22/12/2007) falando sobre seu primeiro mandato e seus planos futuros, confira o que se cumpriu e o que ainda estamos esperando.

Entrevista

Como fazer uma Quadrilha Junina

-->
Marcações para Quadrilha (passos)

Duas colunas uma ao lado da outra (meninas e meninos), voltados para frente  
Balancê - significa balançar o corpo no ritmo da música, sem sair do lugar.

Anavan ou alavantu (vem de "en avant tous") - quer dizer ir em frente; caminhar agitando os braços para cima.

Returnê ou anarriê (vem de "en arrière") - é o comando para retornar aos lugares, depois de um determinado passo.


Passeio na roça - é o ato de ficar passeando em círculos.


Olha a chuva - damas e cavalheiros devem colocar as mãos sobre a cabeça, para se proteger da chuva. Quando o marcador diz "é mentira", eles podem abaixar as mãos.



Olha a cobra - todo mundo deve pular, para evitar o perigo da cobra. No pulo, os pares giram no ar, e voltam a caminhar no sentido contrário ao que estavam indo. Quem comanda costuma dizer "é mentira!", e então todos dão outro pulo, girando, e voltam a caminhar no sentido inicial.  


Duas fileiras frente a frente

Cumprimento às damas - dançando, os cavalheiros vão até as damas e fazem uma reverência.

Cumprimento aos cavalheiros - as damas vão até os cavalheiros e os cumprimentam, abaixando-se e segurando os vestidos pelas pontas.


Cumprimento de damas e cavalheiros.

Andorinha no salão - as duas fileiras ficam afastadas, uma menina (andorinha) fica dançando sozinha então um aluno vem e fica a rodeando (gavião) até que seu par a resgata.

Serrote - os alunos se dão as mãos e fazem movimentos com os braços para frente e para trás.

Túnel - os pares formam uma coluna. Damas e cavalheiros ficam de frente um para o outro, segurando as mãos, no alto, formando um túnel. O último casal da fila passa por dentro do túnel. Um a um, todos os pares devem fazer o mesmo.

Caminho da roça - damas e cavalheiros formam uma fila indiana, e caminham, dançando.

Em círculo

Grande roda - é quando damas e cavalheiros formam uma grande roda, de mãos dadas. Ao comando, as damas podem ter que ir ao centro, depois os cavalheiros, e assim por diante.


Damas ao centro - as damas se dirigem ao centro e formam uma outra roda que gira em direção oposta a roda dos cavalheiros.

Coroar damas - os cavalheiro de mãos dadas ficam a esquerda de sua dama, elevam seus braços e passam seus braços sobre as damas e entrelaçam as duas rodas.

Arco-irís - Depois que as rodas estiverem entrelaçadas giram.


Cavalheiros ao centro -

Coroar cavalheiros - similar ao que acontece na cestinha de rosas só que agora com os ca


Caracol - todos formam uma fila indiana e começam a enrolar a fileira, no sentido do centro da roda, como um caracol.

Beija-flor- as damas ficam de frente para seu par e estendem seus braços e o cavalheiro beija sua mão. Depois...

Voa andorinha! - os cavalheiros dão um passo para trás colocam um joelho no chão e elevam seu braço sobre a cabeça e as damas dão 2 voltas em volta do cavalheiro.


Caranchê - os pares ficam frente a frente e ao sinal os cavalheiros passarão entre as damas e contornarão até chegar novamente ao seu par.

Despedida - os pares saem da pista de dança, acenando para o público.


Fonte:
http://espacoeducar-liza.blogspot.com/2011/06/passos-de-quadrilha-para-festa-junina.html
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/1020332
http://www.corujando.com.br/arquivo/quadrilha.html
http://lereescrevercerto.blogspot.com/2009/05/marcacao-para-quadrilha-junina-passos.html
http://www.lendorelendogabi.com/datas/datas_quadrilha.htm

sábado, 4 de junho de 2011

A realidade da SEEDUC





O vídeo acima mostra um depoimento de professor do Estado do Rio de Janeiro. Esse professor mostra a realidade que vive no seu dia a dia de trabalho na escola onde está lotado. Particularmente eu faço coro com o caro colega que fez o vídeo. Veja, opine e divulgue.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Aumento, dificil acesso (R$300) e equiparação da GLP com salário base

Algumas novidades estão chegando para os professores. Agora os professores terão direito de receber uma gratificação de R$300,00 para trabalhar nas escolas de difícil acesso (favelas, alguns bairros e cidades como São Gonçalo.
Em julho também será incorporada outra parcela do Nova Escola, com isso o salário base passará para R$ 800,11.
Outra medida tomada é que agora a GLP terá o mesmo valor do salário base.

Fonte:
http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/6/professor_do_estado_vai_ganhar_bonus_de_r_300_168700.html