segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Basquete Escolar regras básicas

-->

HISTÓRIA DO BASQUETE

O basquetebol (popularmente conhecido como basquete) surgiu no ano de 1891, nos Estados Unidos. Seu criador foi James Naismith, professor de Educação Física da Associação Cristã de Moços de Springfield (EUA).
Naismith procurava um jogo que seus alunos pudessem praticar no ginásio, durante os duros invernos. Assim, o professor recordou um antigo jogo de sua infância para criar o basquete.


QUADRA

Tem 28 metros de comprimento e 15 metros de largura.

TABELA
Ela fica a 3metros e 5 centímetros do chão.


Tempo de jogo - 4 períodos de 10 minutos cada;
Período Extra - Quantos necessários de 5 minutos cada até que exista um vencedor;
Intervalos - 15 minutos de intervalo no meio-tempo;
- 2 minutos de intervalo entre o 1º e o 2º e entre o 3º e o 4º períodos;
Pedidos de Tempo - 2 tempos nos 1º e 2º períodos;
- 3 tempos nos 3º e 4º períodos;
- O pedido de tempo deve durar 1 minuto completo;
Início de Jogo - Cada equipe deve ter pelo menos 5 atletas na quadra para iniciar a partida;
Capitão - Um dos 5 será o responsável pela equipe na quadra;
Tempo de Posse de Bola - 24 segundos;
Tempo de Posse na Defesa - 8 segundos;
Jogadores - 5 atletas na quadra e 7 no banco de suplentes;
Comissão Técnica - Até sete membros no banco de suplentes, sendo um técnico e um assistente técnico;
Substituições - Não existe número limitado.
Faltas por Jogador - 5 faltas por jogador
Penalidade por Faltas Coletivas - Será aplicada após 4 faltas coletivas em cada período;
Pontos - Podemos ter 1, 2 ou 3 pontos dependendo da área do arremesso;
Equipe de Arbitragem - Árbitro, Fiscal, Cronometrista, Apontador e Operador de 24 segundos;


POSIÇÕES DOS JOGADORES

  • Armador (1) Armador Ala (2)- É o homem chave do jogo.É ele quem leva a bola da defesa ao ataque, efetua passes, arma jogadas e chama o jogo. (Leandrinho)

  • Ala (3) Ala Pivô (4)- É o jogador que mais infiltra, dribla, e participa das jogadas.É uma boa posição para arremessos de longa distância. (Oscar Schmith)
  • Pivô (5)- É o homem do rebote. Mas além de pegar rebotes, devido a sua altura e força, é bem utilizado em cortinas e pontes aéreas. (Nenê)

PONTUAÇÕES

O objetivo principal do basquete, como na maioria dos esportes, é superar a pontuação do oponente. No basquete, os jogadores marcam pontos ao lançarem a bola dentro da cesta, uma ação conhecida como arremesso.
Os pontos diferem dependendo de onde os jogadores estão quando arremessam a bola:

3 pontos

Atribuídos aos jogadores que fazem a cesta quando estão atrás da linha de 3 pontos;

2 pontos

Atribuídos aos jogadores que arremessam e fazem a cesta de qualquer lugar dentro da linha de 3 pontos. Isso pode ser feito após um pulo, uma passagem ou cravando a bola no cesto, a chamada enterrada;

1 ponto

Quando os jogadores sofrem falta ao arremessar, eles têm direito a arremessos de lance livre. Cada arremesso convertido vale 1 ponto.
Quando um jogador está fazendo um lance livre, os nove jogadores permanecem na quadra em posições determinadas. Eles podem ficar em blocos nas laterais do garrafão ou atrás do arremessador. Os jogadores do time de defesa podem ficar mais perto do aro durante o arremesso.

Quando o jogador receber uma falta que não for em uma situação de arremesso a falta será cobrada da lateral próximo ao local da falta.
Se um time na ofensiva permite que a bola vá para trás da linha central e a toca antes de seu oponente, isso é chamado de falta de saída e o time adversário ganha a posse de bola.
O jogador deve quicar a bola para se mover pela quadra. Cada jogador pode dar somente dois passos com a bola na mão. Se um jogador bate a bola, pára e então volta a bater novamente, o árbitro apita dois dribles e o time adversário ganha a posse de bola;
As faltas pessoais são aplicadas quando há muito contato físico. A infração é apitada quando um jogador ganha vantagem injusta pelo contato com o adversário.
Se um jogador não está driblando, ele pode se mover com um pé, contanto que mantenha o outro em contato com o chão: isso se chama pé de apoio. O pé de apoio deve permanecer constante. Se um jogador se move com os dois pés sem bater a bola, o árbrito considera uma falta;
Se um jogador ou um técnico age de maneira inadequada, usando palavrões, por exemplo, os árbitros podem considerar faltas técnicas a seu critério.
A bola é considerada fora quando o jogador tocar a bola tendo pisado na linha que demarca a quadra ou pisado fora da área de jogo, a bola estando no alto. Se a bola estiver fora dos limites da quadra, mas se não for tocada a bola está em jogo, o jogador pode saltar e jogar a bola para dentro da quadra desde de que tenha saltando antes da linha que demarca a quadra.
Sempre quando ocorrer um, o time que recebeu o ponto sai a bola do fundo da quadra.
No início do jogo é dada a saída jogando a bola para o alto, e um jogador de cada equipe disputara a posse da pola tentando bater a mesma para o seu lado da quadra.
PASSES
Passe de peito, passe picado, passe de ombro e por cima da cabeça
ARREMESSO
 quando se joga a bola em direção a cesta com o objetivo de marcar pontos.
DRIBLE
quando se joga a bola no chão com o objetivo de andar pela quadra.



Nenhum comentário:

Postar um comentário